sexta-feira, 12 de julho de 2013

Dia dos Pais - Poemas

Poemas para o Dia do Papai!!!


As Mãos do Meu Pai, de Mario Quintana

As tuas mãos tem grossas veias como cordas azuis
sobre um fundo de manchas já cor de terra

— como são belas as tuas mãos —
pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram
na nobre cólera dos justos...

Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,
essa beleza que se chama simplesmente vida.
E, ao entardecer, quando elas repousam
nos braços da tua cadeira predileta,
uma luz parece vir de dentro delas...

Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,
vieste alimentando na terrível solidão do mundo,
como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento?
Ah, Como os fizeste arder, fulgir,
com o milagre das tuas mãos.

E é, ainda, a vida
que transfigura das tuas mãos nodosas...
essa chama de vida — que transcende a própria vida...
e que os Anjos, um dia, chamarão de alma...
(Mario Quintana)

Poema: Pai herói e companheiro

Pai
 a tua presença constante 
o olhar às vezes distante
Poesia para o dia dos pais: Pai Herói e Companheiro
 me fazem te admirar


Pai 
o teu abraço apertado 
mãos firmes e sempre ao meu lado 
me dão forças pra caminhar  

Pai 
o teu sorriso ilumina 
a tua voz me fascina
me acalma nas horas de dor 

Pai 
amigo, herói, companheiro, 
sincero, leal, verdadeiro 
o meu exemplo de amor  

Pai 
hoje eu quero te agradecer
ter me dado o dom de viver 
de ser forte, crescer e lutar

Pai 
quero dar-te um abraço bem forte
e sorrir bem feliz pela sorte: 
ser teu filho e poder te abraçar

Poema: Ao meu papai

Este homem que eu admiro tanto,
com todas as suas virtudes e também com seus limites.
Este homem com olhar de menino, sempre pronto e atento,
mostrando-me o caminho da vida, que está pela frente.

Este mestre contador de histórias
traz em seu coração tantas memórias,
espalha no meu caminhar muitas esperanças,

certezas e confiança. Este homem alegre e brincalhão,
mas também, às vezes, silencioso e pensativo,
homem de fé e grande luta,
sensível e generoso.

O abraço aconchegante a me acolher, este homem,
meu pai, com quem aprendo a viver.
Pai, paizinho, paizão...
meu velho, meu grande amigão, conselheiro e leal amigo:
infinito é teu coração.

Um comentário:

Deixe seu recadinho!!!!